Vestuário


O TÉCNICO EM VESTUÁRIO é o profissional que supervisiona o processo de confecção
do produto conforme padrões de qualidade e segurança. Desenvolve a modelagem
aplicando técnicas bidimensionais, tridimensionais e assistidas por computador para
viabilizar a confecção de produtos do vestuário. Avalia a vestibilidade e a viabilidade técnica
do produto. Acompanha equipes de trabalho que atuam na produção. Define a sequência
de montagem do produto, considerando as diversas formas de execução e características
da matéria-prima especificada. Opera máquinas de costura industrial e equipamentos
utilizados na indústria de confecção do vestuário. Avalia fornecedores de matérias-primas.


MERCADO DE TRABALHO

Indústria de confecção do vestuário; empresa de desenvolvimento de produtos; ateliê de
costura; prestação de serviços como autônomo.
Ao concluir os MÓDULOS I, II e III, o TÉCNICO EM VESTUÁRIO deverá ter construído as
seguintes competências gerais:
• Articular o conhecimento científico e tecnológico numa perspectiva interdisciplinar.
• Estabelecer relações de respeito mútuo entre produtor/ consumidor, empregador/
empregado, parceiro/concorrente.
• Pesquisar estilos e tendências de moda em âmbito nacional e internacional e identificar
parâmetros mercadológicos para o projeto de coleção.
• Reconhecer, analisar e interpretar fontes documentais diversas relacionadas ao
vestuário, dentro de um contexto histórico, social, político, estético e econômico.
• Estabelecer as características e necessidades do público consumidor e desenvolver
produtos de vestuário a partir de pesquisa de mercado.
• Analisar processos de corte e costura voltado ao desenvolvimento de produto e as
relações deste setor com outros departamentos ligados a produção de vestuário.

• Modelar peças de roupas por meio de sistemas bidimensionais, tridimensionais e
assistidos por computador.
• Associar características relativas à origem da fibra, construção dos tecidos e seus
beneficiamento com suas relações para a construção de peças do vestuário.
• Formular, conceber e executar protótipos de roupas.
• Desenvolver textos técnicos aplicados à área de vestuário, de acordo com normas e
convenções específicas.
• Elaborar métodos e processos de produção do vestuário
• Interpretar e confeccionar desenhos de projetos de vestuário.


ÁREA DE ATIVIDADES

A – DESENVOLVER PRODUTOS DE VESTUÁRIO

➢ Interpretar desenhos.
➢ Selecionar modelos a serem desenvolvidos.
➢ Dimensionar formas para calçados.
➢ Desenvolver a modelagem.
➢ Identificar máquinas e equipamentos.
➢ Fabricar protótipos.

➢ Fornecer informações para a fabricação de protótipos.
➢ Testar protótipos.
➢ Especificar dimensões e características do produto.
➢ Indicar sistema de embalagem e acondicionamento da produção.
➢ Testar componentes e materiais.
➢ Emitir laudo de testagem de componentes e materiais.
➢ Emitir pareceres técnicos.
➢ Elaborar custo do produto.

B – CONFECCIONAR PEÇAS-PILOTO

➢ Cortar tecidos.
➢ Dimensionar tempos de produção das peças.
➢ Elaborar levantamento de custos.
➢ Especificar componentes para confecção de peças-piloto (agulhas, botões, linhas,
etc.).
➢ Analisar o rendimento dos tecidos.
➢ Costurar peças-piloto.
➢ Testar peças-piloto.
➢ Realizar ajustes nas peças-piloto.
➢ Determinar quantidade de peças para os cortes.
➢ Preencher formulário de ordem de cortes.

C – ESQUEMATIZAR MOLDES DE PEÇAS DE VESTUÁRIO

➢ Desenvolver em ambiente digital as principais peças do vestuário com respectivas
medidas.
➢ Planejar encaixes de moldes sobre o tecido.
➢ Otimizar o processo de produção.

D – DESENVOLVER FORNECEDORES

➢ Especificar componentes e materiais para a produção.

➢ Identificar fornecedores.
➢ Comparar preços e prazos de entrega e pagamentos.

E – PLANEJAR A PRODUÇÃO DE ARTIGOS DE VESTUÁRIO

➢ Definir o volume e a forma da produção.
➢ Relacionar máquinas, equipamentos e pessoas para a produção.
➢ Elaborar cronograma da produção.
➢ Elaborar leiaute para a produção.
➢ Preencher relatórios de estoque.
➢ Conferir estoques de produção.

F – ELABORAR MÉTODOS E PROCESSOS DE PRODUÇÃO

➢ Definir sequência operacional.
➢ Definir fluxo de produção por etapas de fabricação.
➢ Identificar necessidade de dispositivos.
➢ Descrever o processo produtivo.
➢ Determinar tempos-padrão de produção.

G – CONTROLAR A PRODUÇÃO

➢ Elaborar estatísticas de produção.
➢ Medir indicadores de desempenho.
➢ Medir tempo de desenvolvimento das etapas dos processos de produção.
➢ Avaliar a produtividade.
➢ Verificar a qualidade dos produtos e processos.
➢ Avaliar as condições de funcionamento das máquinas e equipamentos.
➢ Identificar perdas na produção.
➢ Implementar ações corretivas nos processos de produção.
➢ Elaborar instrumentos de controle de produção.

H – CONTROLAR RECURSOS PARA A PRODUÇÃO

➢ Controlar disponibilidade de máquinas, equipamentos e instrumentos.
➢ Controlar estoques.
➢ Registrar dados de produção.
➢ Registrar horas improdutivas.
➢ Programar manutenção de máquinas e equipamentos.
➢ Controlar resíduos e desperdícios recuperáveis.
➢ Realizar balanço anual.

I – ADMINISTRAR METAS E RESULTADOS DA PRODUÇÃO

➢ Analisar relatórios e registros de produção.
➢ Controlar volume de produção.
➢ Monitorar pedidos e ordens de produção.
➢ Analisar viabilidade de produção de um novo produto.
➢ Analisar custos da produção.
➢ Monitorar pontos críticos da produção.
➢ Analisar causas de não conformidade

K – CONTROLAR A QUALIDADE DO PRODUTO

➢ Determinar padrões de produção de corte e costura.
➢ Inspecionar a qualidade de produtos.
➢ Monitorar padrões de qualidade do processo.
➢ Implementar ações preventivas e corretivas.
➢ Participar de auditorias dos processos produtivos.
➢ Avaliar satisfação dos clientes internos.
➢ Identificar falhas de produção.
➢ Analisar índices de reclamações dos clientes externos.
➢ Avaliar índices de produtos não conformes.

L – SUPERVISIONAR EQUIPES DE TRABALHO DE CORTE E COSTURA

➢ Identificar necessidades de treinamento da equipe de trabalho.

➢ Selecionar pessoal.
➢ Treinar equipe de trabalho.
➢ Avaliar desempenho profissional da equipe de trabalho.
➢ Distribuir atividades de trabalho.
➢ Orientar equipe de trabalho.
➢ Controlar horas trabalhadas.
➢ Programar folgas e férias da equipe de trabalho.
➢ Propor medidas disciplinares.
➢ Controlar cumprimento das normas de segurança do trabalho.
➢ Monitorar cumprimento das normas administrativas da empresa.

M – TREINAR PESSOAS

➢ Identificar necessidades de treinamento de colaboradores e fornecedores.
➢ Elaborar recursos para treinamento.
➢ Elaborar cronograma de treinamento.
➢ Implementar programas de treinamento.
➢ Avaliar programas de treinamento.

N – GERENCIAR CUSTOS

➢ Definir sistema de custo e rateios.
➢ .Apurar custos.
➢ Confrontar as informações contábeis com custos.
➢ Analisar os custos apurados.
➢ Adequar custos de produção ao preço final estimado pelo mercado.

O – DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS

➢ Manter-se organizado.
➢ Demonstrar determinação.
➢ Liderar equipes.
➢ Demonstrar flexibilidade.

➢ Demonstrar objetividade.
➢ Resolver situações emergenciais.
➢ Identificar necessidades de autodesenvolvimento.
➢ Demonstrar comprometimento com os objetivos da empresa.
➢ Agir de forma ética.
➢ Demonstrar sociabilidade.